quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Deito-me
para desinflamar
a angústia.
Aos poucos,
meu cansaço
vai perdendo convicção.
A velhice é uma insónia:
deitamo-nos
e quem dorme é a cama.

(Mia Couto)

Ps: Demasiados pensamentos, volto a não dormir...

5 comentários:

acoldzero disse...

aonde é que foste roubar isso? mesmo? pois. * é que parecia-me que ja tinha visto isso nalgum lado...

Anaïs Vachier disse...

Achei apropriado visto a minha falta de sono! :P

acoldzero disse...

:) *


"chronic insomnia's back".

dont think too much. tinha alguem que me dizia: "o pensamento é inimigo da acção." e eu já o comprovei por experiencia própria.

acoldzero disse...

e já que estás numa de coma:



http://www.youtube.com/watch?v=vASr9QwsUWg

acoldzero disse...

Tu queres sono: despe-te dos ruídos, e
os restos do dia, tira da tua boca
o punhal e o trânsito, sombras de
teus gritos, e roupas, choros, cordas e
também as faces que assomam sobre a
tua sonora forma de dar, e os outros corpos
que se deitam e se pisam, e as moscas
que sobrevoam o cadáver do teu pai, e a dor (não ouças)
que se prepara para carpir tua vigília, e os cantos que
esqueceram teus braços e tantos movimentos
que perdem teus silêncios, o os ventos altos
que não dormem, que te olham da janela
e em tua porta penetram como loucos
pois nada te abandona nem tu ao sono.



Ana Cristina César




roubado aqui:
http://theresonly1alice.blogspot.com/


(andas numa de comas e insónias e como tal fez-me lembrar de ti.)