domingo, 3 de agosto de 2008

Felicidade!?!


São varias as formas como se consegue alcançar a felicidade. Para alguns, ser feliz é ter muitos amigos, muitas relações, o bem estar social. Para outros, ganhar muito dinheiro e possuir todo o tipo de bens materiais, o bem estar económica. Outros dirão que a saude é tudo. Pode-se alcançar o bem estar atravez do bem estar social, economico, fisíco, intelectual(etc)...
Um simples sorriso ou o facto de se estar a fazer aquilo que se gosta podem fazer com que uma pessoa se sinta feliz. Na realidade, até com a desgraça dos outros é possível sermos felizes...(ha pois é! :P Verdadinha absoluta!) O primeiro passo para conseguirmos ser felizes é o simples facto de estarmos bem connosco proprios. Por vezes a felicidade não é visivel, a verdade é que...
A FELICIDADE CONQUISTA-SE, NÃO SE COMPRA NEM SE VENDE.

4 comentários:

acoldzero disse...

a minha gata tem uma bola dessas na imagem. de esponja. com o smile igualzinho e tudo. será que ela é feliz?

[ era uma pergunta tipo Maria e ao mesmo tempo a dissimular uma especie de pseudo-inocencia ]

e tu? és feliz?

Anaïs disse...

Por acaso em tempos também me deram uma bola dessas, mas a minha é verde! Como o amor, é verde!(lol! estou divagando!)
Se sou feliz?!
Tenho momentos felizes, dias felizes... Mas felicidade completa? Sera que algum dia a atingimos?!Fica a pergunta no ar... :P

N@ids disse...

A felicidade e mera ilusão... e um estado dificil de alcançar e k poucos tem acesso. No entanto ha kem afirme k um dia ja foi feliz. Para exas pexoas... a realidade confunde-se c a ilusão. Dai mta genta viver num eterno estado d ilusão!
Estranho eu sei... m e a definição k tenh d felicidade!
*ALOHA*

acoldzero disse...

era meio "pergunta retorica". e o amor é mais tons de azul do que verde... digo eu. pelo menos foi assim que o aprendi. e essa resposta é a comum como quem foge com o rabo à seringa, como diz o ditado popular. de qualquer forma nao creio que algum dia cheguemos a atingi-la. um dia quando estivermos grisalhos e em cadeiras de rodas, carregados de nostalgias e memórias, talvez aí saibamos dizer se "fomos" felizes.. mas nessa altura se calhar tambem ja nao o devemos ser.. creio que nessa altura ja sera mais "(in)conformados". *

(dass... ganda testamento!)